Facebook RSS
magnify
Home Modelos Mercedes Mercedes-Benz lança versões para a distribuição de bebidas
formats

Mercedes-Benz lança versões para a distribuição de bebidas

accelo-1016A Mercedes-Benz amplia sua oferta de produtos com o lançamento de duas versões dedicadas ao setor de distribuição de bebidas. O primeiro deles, o caminhão leve Accelo 1016, traz modificações significativas com foco em aumento da produtividade: a configuração 6×2 tem como opcional o terceiro eixo (montado por implementadoras), característica que eleva o peso bruto total (PBT) do caminhão para 13 toneladas, o que representa 9 toneladas de carga útil e capacidade para até seis paletes altos de bebidas. Já o semipesado Atron 1719 4×2 também chega em nova versão bebidas, além das versões plataforma e basculante.

Segundo o gerente sênior de vendas de caminhões a frotistas, Paulo Arabian, os produtos fazem parte da nova estratégia da empresa alinhada com a nova gestão da área, agora focada nas necessidades de cada cliente.

Com a política de oferecer produtos cada vez mais específicos, a Mercedes-Benz dividiu seus cerca de 300 clientes frotistas em 20 segmentos, que representam mais de 95% do contexto de transporte do País, entre eles, sucroalcooleiro, varejista, construção civil, bebidas, atacadista, frigorífico, serviços, combustíveis, cegonha, transporte de valores, entre outros, e dedicou a eles encontros mensais durante todo o ano passado, cada um direcionado a um segmento, para ouvir suas necessidades no quesito transporte de cargas.

O executivo diz que o projeto do novo Accelo 1016 demorou quase cinco anos para ficar pronto e foi desenvolvido em parceria com a Brasil Kirin, uma das maiores fabricantes do setor de bebidas frias no País, que detém as marcas Schin, Cristal, Devassa entre outras. A adaptação do caminhão passou por diversos passos, o principal deles com monitoramento do veículo na operação real do cliente, incluindo visitas técnicas, análise de performance, entre outros. O resultado: após a configuração final do veículo, a Mercedes-Benz vendeu as primeiras cinco unidades do modelo com o terceiro eixo ainda em 2012 para a Kirin Brasil, o que marcou a introdução do produto no mercado.

A estratégia de criação e apresentação de soluções para cada segmento surtiu efeito. No período entre janeiro e julho deste ano, a Mercedes-Benz emplacou a venda de 5 mil caminhões, entre leves e extrapesados, para frotistas, volume que representa pouco mais de 20% do total de vendas da marca no período. Parte dos clientes que compraram algumas dessas unidades, como a Locamérica (199 caminhões) e a G10 (125 caminhões) tinha 100% de frota composta por marcas concorrentes.

As projeções com o novo caminhão Accelo 1016 apontam para vendas de 1 mil unidades por ano nos próximos três anos, em um mercado em que a Mercedes-Benz computa 30% de participação. O setor de bebidas é um dos mais significativos em termos de transporte no País: com uma frota estimada em 38 mil veículos, o setor calcula idade média de 8 anos, sendo que a renovação anual circula em 3 mil veículos, incluindo todos os segmentos, desde comerciais leves, médios, pesados e até motocicletas.

Para ler mais notícias, clique em blog.minasmaquinas.com.br  . Informações sobre a  Minasmáquinas visite nosso site. Siga-nos no Twitter e Facebook .

 
 Share on Facebook Share on Twitter Share on Reddit Share on LinkedIn
2 Comments  comments 

2 Responses

  1. Mauricio Junior

    Olá
    Sabem informar o consumo médio do accelo 1016 com 3 eixo e ele no toco?

    • Minasmáquinas

      Prezado Mauricio,

      Primeiramente, gostaríamos de agradecer o seu contato. Sobre a média de consumo do Accelo 1016, tanto no 3 eixos quanto no toco, não existe um padrão, pois esta média varia de acordo com a operação, bem como outros fatores que influenciam, como: rota, condutor, trânsito, tempo, manutenção do veículo e etc. Então para cada situação o veículo terá uma média diferente.

      Qualquer dúvida, estamos à disposição.
      Atenciosamente,
      Equipe Minasmáquinas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *